12 outubro 2017

Podemos dar certo, ou não.

Eu não sei quanto tempo você irá ficar, e nem quanto tempo irá ficar longe de mim, mas se for pra ser mais um dos caras que preferem fazer uma bagunça e depois sumir, cai fora logo, antes que eu comece a imaginar como seriam nossos filhos.
Eu sou extremamente intensa e preocupada com o que poderá ser de nós, de hoje para amanhã, ou de amanhã para sempre. Gosto de ter minha vida planejada, e o mais importante,planejar ela com alguém. Em um só dia, consigo pensar em milhões de histórias de vida para mim, junto com você, ou com qualquer outra pessoa que possa aparecer na minha vida. Eu demoro, mas me acostumo com a falta de alguém.
Não sou expert no tema relacionamento, e nem sobre como a vida virá a ser, daqui a dois meses. Podemos estar juntos, ou não. Podemos ter essa química e depois deixar esfriar e se tornar um gelo. As vezes, irei fazer parecer que não me importo, pois quando tenho certezas demais, eu vejo que a minha vida está incerta demais. Não se importe, se um dia eu te mandar mensagem e no outro eu simplesmente sumir, gosto de ter as pessoas para mim, mas não gosto que elas se apeguem a mim.
Fico me perguntando, se isso foi algum trauma que eu sofri em relacionamentos passados.Eu era tão nova e ainda sou, pra pensar tanto assim,no que meu destino colocou para mim, e medo, de trilhar o meu futuro. Talvez eu queira que você esteja aqui e talvez não. Talvez eu entenda que você é demais para mim, ou que eu sou demais para você. Quero me comprometer e ter alguém pra mim, ao mesmo tempo, que prefiro ficar sozinha com um bom livro e uma xícara de chá,ou qualquer coisa que não seja a presença de uma pessoa do meu lado.
Isso de cativar as pessoas, as vezes pode se tornar uma bola de neve, que eu não sei fazer parar. Por isso já peço logo, se for pra ficar, fique e me ajude a tentar entender o que é o verdadeiro amor. Vamos construir juntos nossa história, mas com a consciência de que isso pode acabar hoje mesmo ou amanhã. Não se importe muito com o fato de eu te deixar sozinho as vezes, aprenda a se acostumar com a solidão, ela pode te fazer bem. Vamos tentar aprender um com o outro, vamos tentar fazer isso, juntos, mesmo com o meu coração cheio de incertezas.

20 setembro 2017

A versão mais bonita para descrever o amor, você.


Acordar naquela manhã de sábado de julho, naquele frio gostoso que estava fazendo, me fez olhar para o lado e ver a versão mais bonita que eu tenho para descrever o amor, você. Estava tão sereno, parecia que enquanto dormia os nossos problemas haviam sumido e que Deus tinha te feito e enviado especialmente para mim.

Te ver do meu lado, aconchegado em mim, me fez lembrar de tudo o que passamos para chegar nisso. As primeiras conversas, que eu tinha certeza que não daria em nada, as discussões sobre qualquer coisa em que não concordavamos,os beijos, os carinhos, os abraços e as brincadeiras que você fazia em público, que me deixavam com vergonha.

Gosto de ficar pensando em tudo isso que passamos, e ver que conseguimos crescer juntos, um apoiando as ideias do outro. Somos completos sozinhos, mas quando estamos juntos, você me recarrega e me dá forças para que eu consiga superar o que eu nem tinha capacidade de acreditar que conseguiria. E isso que nos faz ser diferentes, e que eu não havia encontrado em nenhuma outra pessoa antes. Somos ótimos separados, mas somos melhores juntos. Eu acredito em você, e em tudo o que você pode conseguir, mesmo em qualquer fase em que estivermos passando.

Quero estar do seu lado, sendo sua ou não. Você é maravilhoso e fez minha vida se tornar ainda melhor com você aqui. Me fez ser uma pessoa melhor, me mostrar outras verdades de um mesmo sentido, e ampliar meu mundinho pequeno, mas que agora é de nós dois.

Obrigada por permanecer do meu lado, nos meus altos e baixos, e de nada, por sempre acreditar que você é capaz de realizar tudo o que você sonha. É ótimo te ter aqui, então não vai embora, nem tão cedo. Fica mais um pouco, podemos fazer um café ou construir toda a nossa vida um do lado do outro. Mas se escolher ir, tudo bem, me leve com você na malinha de mão do coração. Dizem que o amor tem cinco estágios, acredito que já passamos por todos eles e já nos encontramos no estágio oito, onde apesar de qualquer coisa que aconteça conosco, estaremos torcendo sempre pela felicidade um do outro.


02 setembro 2017

Aceitamos o amor que achamos merecer

Ele é o tipo de cara que me faz bem, sem nem imaginar o quanto. O tipo de cara que só de sorrir, e saber que aquele sorriso é para mim, já é me faz bem e me faz sonhar com ele. Não dá mais para mentir, e nem dizer que não, mas gosto, gosto mesmo dele.

Talvez ele nunca terá conhecimento desse texto, nem desse sentimento. Mas prefiro assim. Eu o conheço o suficiente para evitar uma desilução e saber que continuo sendo o que sempre fui para ele, e me contentar com isso. Gosto de não ter que estragar essa coisa nossa que temos, gosto que ele permaneça aqui, comigo,mesmo que não seja do jeito que eu imagino.

Sabe aquele amor adolescente que toda pessoa diz que vive um? Comigo, é quase assim. Mas somente eu consigo vivê-lo, pois ele não vê dessa forma. E jamais iria culpá-lo. Não mandamos no nosso coração,muito menos no sentimento, não escolhemos gostar de alguém ou simplesmente deixar de gostar.Sei o quanto posso ser importante para ele, e ter esse reconhecimento, esse carinho dele, é importante.

Ele pode ir embora hoje, talvez amanhã,ou na semana que vem. Ele não fica preso a ninguém, e nem pertence a um lugar especifico. Eu gosto de ter minha rotina, ficar na minha zona de conforto. Somos como noite e dia, diferentes, e isso nunca poderia dar certo. Acima de tudo, sei o quanto sou importante pra ele, que mesmo ele sumindo do nada, ele irá aparecer, uma vez ou outra. E o sentimento que eu pensei que já havia sumido, ainda irá continuar aqui. E está tudo bem. afinal, "Aceitamos o amor, que achamos merecer."

E eu torço por ele, muito. Ele é o cara jovem, com mente de adulto, e que sabe aproveitar bem a vida. Ele é o tipo que eu sei que não posso me apegar demais, e não me apego,mesmo. Torço tanto pela felicidade dele, que finalmente entendi que não importa se ele vai estar comigo ou não, mas vou ficar feliz, por ele estar feliz. Talvez seja ele, ou não. Talvez ele tenha o conhecimento desse texto um dia, mas não quero que seja hoje.


17 agosto 2017

Você ama quem está ao seu lado?

Vocês já experimentaram perguntar para alguém, o quanto elas amam tal pessoa? 

Há algum tempo, perguntei a minha mãe, se ela amava meu pai. Não consigo esquecer o sorriso de espanto dela e simpátia, e com um breve discurso, ela disse "Tem que amar né". Sempre assisti de perto as discussões dos meus pais, e sabia muito bem o que ela quis dizer com aquele "tem que amar né", e vendo de perto a história que os dois construiram juntos, posso dizer que, amar não é feito só de momentos bons, mas acima de tudo, ter maturidade o suficiente para poder enfrentar os momentos dificeis.

Dias atrás, fiz a mesma pergunta a uma amiga, se ela conseguiria ver a vida dela sem o namorado, depois de tantos anos juntos.E a resposta que eu tive, seguida por um sorriso apaixonado, e bobo, foi uma resposta fofa de que não, ela não conseguiria imaginar sua vida sem ele.

Mesmo passando um tempo depois, me peguei pensando sobre isso no metrô. De todas as vezes em que eu presenciei momentos de amor, e até algum dos poucos que vivi, não tive ainda a oportunidade de dizer que amo tal pessoa. Amar vai muito além do que uma ficada durante duas semanas, e de repente, já ter outra pessoa do lado. O amor nessa geração em que me encontro, é muito fácil de ser encontrado, mas dificil de ser vivido. Saber conviver com uma pessoa exige muito do que ainda não estamos preparados para dar. Amor vai além de um beijo na boca, abraço, uma noite. O amor vem de dentro, vem da alma. Encontrar alguém para satisfazer sua vontade carnal é fácil, mas satisfazer sua alma, é mais dificil do que pensamos.

Volta e meia, vejo tantas pessoas se perguntando porque o amor durava nos anos atrás, e hoje em dia não. Simplesmente,não tenho uma explicação para isso. Mas sei que uma das chaves é a paciência e compreensão pelo outro. Vejo de perto, casais se separando e voltando, vejo de perto, casais que nunca se separaram, mas que não se amam, vejo casais que brigam mas que não se largam, e casais que se amam mais do que tudo. Sempre queremos esse amor, onde amar é o máximo da convivência e um mar de rosas. Mas as coisas não funcionam dessa forma. Para ninguém.

Talvez precisamos de um pouco disso, saber observar antes, ao invés de ir tentar fazer. Não que seja ficar parado, sem tentar, mas tomar como exemplo, a experiência do outro. Pergunte as pessoas, se elas amam quem está ao lado dela, escute a história de amor deles, aposto que você também deve ter algumas para compartilhar. O amor da sua vida pode chegar amanhã, ou daqui a 10 anos. Não precisa ficar tão pressionado para achar alguém logo, você tem uma vida inteira pela frente, e está tudo bem não dividir ela com alguém ainda, a pessoa que você mais precisa está com você, que é você mesmo.

11 agosto 2017

O dia que acordei me sentindo bonita.

O dia em que acordei me sentindo bonita, era uma quinta-feira cheia de garoa,logo pelas 5:30 da manhã. Estava sem óculos, me olhei no espelho, e naquele instante, eu vi ali pelo dia, a mulher mais bonita que eu poderia me apaixonar, por mim mesma.

O dia em que acordei me sentindo bonita, estava natural ao extremo. As minhas estrias da noite anterior ainda permaneciam ali, as mesmas celulites ou até algumas a mais, mas estava tudo bem, eu estava bonita, eu me sentia perfeita ao meu ver, porque depois de tantos anos, eu pude perceber o quão bonita eu sou, tanto por dentro quanto por fora, que não importa o que os outros digam, eu sei o meu valor e sei que sou uma mulher muito maior do que minha forma e o os dois digitos da balança.

O dia em que acordei me sentindo bonita, o dia sorriu pra mim. Por mais que estivesse um tempo nublado, uma garoa que hora vai e hora vem, o dia foi bom. Convivi com pessoas que me amavam por ser como eu sou, que me respeitavam, fui tão grata por ter me dado a oportunidade de ter vivido aquele dia, ao invés de ficar me preocupando com a forma do meu corpo. Literalmente, liguei o foda-se naquele dia. Não me prendia mais naquela pressão estética, de que eu não poderia usar roupas apertadas demais, que eu deveria usar roupas mais largas para me esconder. Na real, não importa o que eu esteja usando ou não, a minha essência vai muito além do que o meu físico pode transmitir.

O dia em que acordei me sentindo bonita, eu queria dizer para todas as mulheres ao meu redor, o quanto elas são bonitas e incríveis, e que não precisam se esforçar tanto e machucar a si mesmas, para entrar dentro dos padrões. Você, que está lendo isso, quero que saiba que não importa o que os outros digam sobre a sua aparência, a única e verdadeira opinião que vale é a sua. Não se esconda, não tenha medo de ser quem é. Não tenha vergonha de mostrar suas coxas grossas, ou a sua perna fina, tenha orgulho de ser quem é, da pessoa incrível que você construiu durante todos esses anos. Se ame, e espero que você consiga, assim como eu, acordar se sentindo bonita, como eu consegui, naquele dia.
© Versos de Inverno - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tauani Cruz Tauani Cruz.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo